Tradutor

Bolsa de Lisboa

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Reciclagem de desperdícios têxteis gera telas para isolamento acústico


Numa altura em que tanto se fala de parceriais, o maior lavador de lãs da Europa, a Têxtil Manuel Rodrigues Tavares, da Guarda, aliou-se a um produtor de feltros, a Ibérica Feltros Industriais, Lda., da Covilhã, e após a adição dos necessários tratamentos antifogo e antitraça, branqueamento e adição de fragrâncias nasceram as telas para isolamento térmico e acústico isowool. Este produto existe em duas variedades, a partir de lã virgem ou reciclada, com telas de 10 ou 40 milímetros de espessura.

O recurso à lã nos isolamentos é habitual no Norte da Europa já há muitos anos, diz Pedro Tavares, da Têxtil Rodrigues Tavares, mas por cá há ainda muitas mentalidades a mudar. Até porque, diz João Paulo Oliveira, director de marketing da Ibérica Feltros, "está tudo preparado para as grandes multinacionais e lobbies das lãs minerais e dos poliestirenos, mesmo havendo soluções mais eficientes e amigas do ambiente".

O princípio da preservação do ambiente está presente em todos os artigos do grupo. É o caso do iber-acoustique, o termotêxtil composto de diversas densidades, com longa tradição na indústria automóvel pelos bons resultados na absorção acústica, e que resulta da reciclagem de fibras diversas, desde alcatifas, carpetes, roupas, e todo o tipo de materiais têxteis devidamente desinfectados e tratados. "Recolhemos mensalmente um milhão de quilos de desperdícios têxteis por mês nas fábricas", calcula Nuno Madeira, sócio-gerente da Ibérica Feltros e da Jomafil, a casa-mãe e que se dedica à reciclagem de desperdícios têxteis desde os anos 60. Com 30 trabalhadores e um milhão de facturação, a empresa tem ainda o iberagro, uma manta de fibras biológicas que é absorvida pela natureza, que proporciona a autofertilização dos solos, protegendo-os da erosão.
Num outro segmento, o grupo Manuel Rodrigues Tavares - três empresas, 300 trabalhadores, 10 milhões de euros de vendas - adquiriu a Benjamim Júnior, especialista em fios retorcidos. Criou o 'fio de fantasia reciclado', com o qual produz artigos diversos, como carpetes, carteiras, cachecóis. Em fase final de de-senvolvimento está um fio de lã com fibras metálicas, que terá propriedades condutoras e que se destinará ao fabrico de alcatifas para os aviões. Uma inovação que resulta de uma joint-venture com uma produtora de alcatifas espanhola.

Sem comentários:

Enviar um comentário